Terça-feira, 8 de Junho de 2004

Canto...

Era eu...

Imóvel...

Cizenta...

Quase impenetrável...

canto2.JPG



Depois...

Depois eras TU...

Radioso...

E do meu canto
fizéste o teu...

E do meu coração
Fizéste TU...

e EU...

Nas minhas palavras

Ainda não encontro

Suficientes silêncios

que possam definir-te...
que possam descrever-te...
que possam falar...

todos os silêncios
da minha Alma na TUA!!!
publicado por tartaruga às 18:30

link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De al-maro a 9 de Junho de 2004 às 18:21
e foi por causa dessas almas, que se beijam sem pedir licença, que matemáticos poetas escreveram em sorriso de filosofos 1+1=1
De Maria a 9 de Junho de 2004 às 17:59
E não é que os nossos posts de hoje, tem o mesmo titulo... tocam-se entre silêncios e palavras... Adorei o teu... :) beijinhos grandes!!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Shiuuuuuuuuuuuu....

. o meu silêncio em branco....

. magia...

. ...

. Hoje...

. Infinito...

. Meu pedaço de noite...

. Amor...

. Obrigado...

. Janela do tempo...

.arquivos

. Outubro 2007

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Janeiro 2006

. Outubro 2005

. Junho 2005

. Novembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds